• Andréa Cruz

5 motivos para investir em um seguro de vida


Preparar-se para o futuro é muito importante se você deseja ter uma boa qualidade de vida e garantir o bem-estar da família. E é aí que entram soluções como seguro de vida.

Muito além do pagamento de indenização em caso de falecimento, o produto conta

com diversas coberturas a depender de sua necessidade. Confira razões para contar com o serviço!

1. Tranquilidade para o segurado

O seguro de vida é uma garantia financeira para o futuro. Mais do que o dinheiro, ele oferece tranquilidade ao segurado, pois ele sabe que seus dependentes não ficarão desamparados em caso de necessidade.

Essa segurança é muito importante para a saúde mental, pois evita a preocupação em excesso com o futuro. Saber que poderá minimizar as dificuldades de quem fica é uma boa forma de conseguir paz de espírito. Portanto, vale a pena investir nessa alternativa.


2. Suporte à família

Diante do imprevisto de um falecimento, o seguro dá suporte à família, evitando que ela entre em dificuldades financeiras. Isso é ainda mais importante a quem tem filhos e dependentes que muitas vezes não tem como manter o padrão de vida após a perda de um dos responsáveis financeiro. O emocional já é difícil de se viver, e com dificuldades financeira, pior ainda.

O seguro ajuda desde a contratação do serviço fúnebre até as fases posteriores, quando a renda do falecido já não estará mais presente. Desse modo, a família fica amparada e mais bem-preparada para resolver tanto pendências do momento quanto futuras.

3. Coberturas para serem usadas em vida

Existem seguros para nos manter estáveis financeiramente caso fiquemos incapacitados, seja temporariamente ou permanentemente, pois nestes casos as contas continuam chegando e muitas vezes ficam até maiores e poder arcar com nossas despesas sem depender de outras pessoas faz toda a diferença não é mesmo?

Alguns seguros oferecem o pagamento de indenização caso o segurado seja diagnosticado com alguma doença grave, de acordo com as regras estabelecidas no contrato.

Essa é uma possibilidade muito interessante, afinal, ninguém está livre de alguma enfermidade mais séria no futuro — como câncer, acidente vascular cerebral (AVC) ou infarto.

Apesar de essa ser uma das coberturas mais buscadas, o segurado também pode contratar cobertura de Diária por Incapacidade Temporária (DIT) e Cirurgias, por exemplo.


4. Escolher beneficiários

Poder escolher para quem você quer deixar o seguro é uma forma diferenciada de proteger alguém que não estaria no seu inventário. Isso faz com que você possa planejar uma sucessão hereditária, como proteger uma união, um neto ou quem você precisar.


5. Boa relação custo-benefício

Tendo em vista as vantagens mencionadas, a contratação de um seguro tem uma boa relação de custo-benefício. É a herança mais barata e que pode fazer toda a diferença na vida de quem fica. Dependendo das coberturas escolhidas, ele serve como um investimento em proteção, trazendo estabilidade financeira para o segurado e apoio em caso de necessidade, como doença grave, cirurgia e invalidez, por exemplo.

Com a utilização do serviço, pode-se garantir ainda que os dependentes terão os recursos para arcar com compromissos após o falecimento, como dívidas e empréstimos. Além disso, ele não entra no inventário em caso de morte do segurado, o que reduz a burocracia nesse momento delicado.


Gostou de conhecer mais sobre o assunto? Então, não perca tempo! Entre em contato conosco e conheça as alternativas de seguro de vida que a Cruz & Galvão tem para você!







7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo